O deputado federal Jean Wyllys, do PSOL do Rio de Janeiro, disse em vídeo que cuspiria na cara do ‘fascista’ novamente, em referência ao episódio que aconteceu durante a votação do impeachment de Dilma Rousseff com o então deputado Jair Bolsonaro.

O vídeo, que circula nas redes sociais, mostra Wyllys em uma mesa dizendo que espalharam fake news sobre ele sair do país caso Bolsonaro fosse eleito, e que vai continuar sua ‘resistência’ por mais 4 anos.

Ainda aproveitou para falar que Dilma sofreu um golpe e que defende Lula livre, além de reforçar que não é petista, mas que enfrenta o antipetismo até contra os ‘hipócritas’ dentro do seu partido.

Veja o vídeo inteiro abaixo:

https://youtu.be/LhJc8QOxMis

Já deu risada hoje? Se a resposta for não, veja este vídeo do “brilhante” Jean Wyllys dizendo que será resistência.