Uber passa a mostrar destino do passageiro antes de motorista aceitar viagem

 

Tendência é de que condutores evitem deslocamentos para áreas de risco pagas em dinheiro; app também informa se chamada foi feita por uma pessoa que utilizou menos de cinco vezes

 

Os motoristas que trabalham com o aplicativo da Uber em Porto Alegre começaram a receber, na segunda-feira (13), o bairro de destino dos passageiros antes de aceitarem a viagem. O recurso era uma demanda antiga dos condutores, que são pagos por algumas viagens em dinheiro e tendem a evitar trajetos para áreas de risco.

 

Os testes para a adoção do mecanismo tiveram início em setembro passado. Além de Porto Alegre, os motoristas de Curitiba (PR) e Florianópolis (SC) também conhecerão o endereço final antes de aceitarem a viagem. As três capitais da Região Sul são as primeiras a contar com o mecanismo.

 

Além de saberem para onde levarão o passageiro, os motoristas também serão informados pelo aplicativo se a chamada foi feita por uma pessoa com menos de cinco viagens — que é considerado usuário novo.

 

Entre as concorrentes da Uber, a 99 disponibiliza o destino do passageiro antes do início da viagem. Na Cabify, em que o pagamento só é efetuado com cartão de crédito, o motorista fica sabendo da localização final apenas ao aceitar a viagem.

Até o final da matéria a uber não informou quando o Rio de Janeiro irar ter essa opção disponível.