O presidente Jair Bolsonaro está em Osaka, no Japão, para participar da cúpula do G20, grupo que reúne as 20 maiores economias do planeta.

O chefe do Executivo já se reuniu com o secretário-geral da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico), com o presidente do Banco Mundial e também presidiu uma reunião entre os BRICS, grupo econômico que envolve Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

O presidente brasileiro participou, agora há pouco, de uma reunião bilateral com o presidente Donald Trump (Estados Unidos).

Em dado momento, o presidente americano declarou:

“Estamos aqui com um presidente que teve uma das maiores vitórias da história. Ele [Bolsonaro] é um homem especial, muito amado pelo povo do Brasil”.

E finalizou:

“Acho que podemos dizer que o Brasil e os EUA estão mais próximos do que nunca”.

A troca de afagos foi similar ao que foi visto durante a visita do líder brasileiro em Washington em março. Na ocasião, Trump disse que, com a eleição de Bolsonaro, “o ocaso do socialismo chegou no nosso Hemisfério Ocidental”.