Sity, o “Uber brasileiro”, vai cobrar R$ 6 por corridas de até 10 km - Ronaldo Cunha