Um policial militar morreu após ser baleado por um outro colega de farda durante uma briga no Bar Canela Russa, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na noite da última quarta-feira (5).

Os sargento Robson Nobrega de Santana, de 42 anos, lotado no 17ºBPM (Ilha do Governador) e o soldado Rodrigo Cardoso Figueiredo, de 31 anos, do 16ºBPM (Olaria) estavam no bar, na Rua Antônia Teixeira, por volta de 23h50, quando começaram uma discussão.

Durante a briga, os dois efetuaram disparos. Robson foi atingido na cabeça e nas costas e morreu no local. E o soldado Rodrigo foi ferido na perna e socorrido para o Hospital Geral de Nova Iguaçu. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dele.

O motivo da briga teria sido porque Robson olhou para a namorada de Rodrigo, a também soldado da PM Jéssica Mello, lotada na UPP do Borel, na Tijuca.

O sargento Robson Santana estava na Polícia Militar há 15 anos. Ele deixou dois filhos. A PM informou que lamenta a morte do policial.

De acordo com a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), o policial militar Rodrigo Cardoso Figueiredo, foi preso em flagrante.