Rio tem segundo policial militar morto em menos de 48 horas - Ronaldo Cunha