‘Não me provoquem’, alerta Weintraub - Ronaldo Cunha