Moro investigará movimentações financeiras de integrantes da ditadura venezuelana no Brasil

 

Miguel Ángel Martín, o presidente do Tribunal SUpremo de Justiça da Venezuela no exílio, e representantes da Organização dos Estados Americanos, OEA, se reuniram com o ministro da Justiça Sergio Moro.

A reunião faz parte de uma série de outros encontros que a cúpula oposicionista venezuelana tem mantido com autoridades brasileiras com o fim de reforçar a pressão internacional contra o ditador Maduro.

Após a reunião, Moro se comprometeu a adotar medidas imediatas para investigar movimentações financeiras, ocorridas no Brasil, de integrantes da ditadura venezuelana.