Moro faz manobra genial para isolar Marcola e minar influência do PCC

Moro já se provou um excelente estrategista. Com seus movimentos conseguiu expor a roubalheira petista e condenou o líder supremo da facção.

Não só isso, ele também colocou Brasília em pânico e inspirou a renovação política nacional.

Agora, o ministro da Justiça da mais uma cartada genial para minar a influencia do PCC e isolar Marcola.

Uma portaria do ministro, publicada pela Crusoé, explica que “A ideia é que ele fique 22 horas do dia isolado e sem ponto de energia na cela. Visitas, só por parlatório ou videoconferência”.

“Está previsto, ainda, que o chefão do PCC troque de endereço de seis em seis meses, fazendo uma espécie de rodízio por penitenciárias de segurança máxima do governo federal, para que seus aliados do lado de fora não tenham tempo de arquitetar um plano de fuga” diz o texto.