O ministro Luiz Fux negou um pedido da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias contra a decisão do STJ

O Supremo Tribunal Federal decidiu manter a medida que cancelou a concessão da Linha Amarela, uma das principais vias expressas do Rio de Janeiro.

A Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias havia pedido ao STF que suspendesse a decisão do Superior Tribunal de Justiça, que autorizou a Prefeitura a retomar a administração da via.

O presidente do STF, ministro Luiz Fux, negou dar seguimento ao pedido. Em setembro, o STJ determinou a suspensão de todas as liminares oferecidas pelo Tribunal de Justiça do Rio que impediam a encampação da Linha Amarela.