Lula (PT) e Ciro Gomes (PDT) selaram as pazes em uma conversa - Ronaldo Cunha