Como disse o General Augusto Heleno, boa parte do trabalho do governo atual, comandado por Bolsonaro, envolve desfazer as tramoias feitas pelas gestões petistas que comandaram o país por quase 16 anos.

 

Seguindo essa ideia, o ministro Ernesto Araújo está fechando algumas embaixadas abertas por Lula durante sua gestão. Na época, foram criadas 67 novas embaixadas, em especial no Caribe e na África.

 

Até o momento cinco já foram fechadas: “Roseau (Dominica), St. John’s (Antígua e Barbuda), St. George’s (Granada), Basseterre (São Cristóvão e Névis) e Kingstown (São Vicente e Granadinas)”.

 

Com informação do Renova Mídia.