Senado tem sessão extraordinária marcada para esta segunda-feira (3) para votar a MP 871. A medida perderá a validade se não for votada hoje.

Quatro medidas provisórias assinadas no fim do governo Michel Temer e no começo do mandato do presidente da República, Jair Bolsonaro, podem perder a validade nesta segunda-feira (3).

Dentre as MPs nesta condição, estão a que cria programa de combate a fraudes no INSS e a que trata de um marco legal para o saneamento básico.

Em relação à MP 871, que combate fraudes em benefícios previdenciários, Bolsonaro afirmou, neste domingo (2), que o governo está mobilizando senadores para garantir a aprovação da matéria.

“Estamos mobilizando os senadores para comparecer. Se Deus quiser vai dar certo”, disse o chefe do Executivo.

As redes sociais brasileiras estão apoiando a aprovação da MP 871 pelo Senado Federal. Nesta segunda-feira (3), a tag #SenadoQuorumMP871 já é o tópico mais comentado do Twitter nacional.

Confira algumas das mensagens circulando com a hashtag: