O jogo sujo da imprensa está a cada dia mais perto de atingir o ponto mais baixo de todos os tempos, mas por outro lado, nunca foi tão frequente ver as famosas fakenews sendo rebatidas quase que diariamente por Bolsonaro e outros apoiadores.

A mais recente foi sobre as mudanças que aceitariam erros em materiais didáticos, noticiado amplamente por vários veículos de mídia, mas desmentido pelo presidente Bolsonaro.

Disse ele: “É notório o nível de desinformação nas manchetes deste jornal. A referida medida foi feita pelo governo anterior e corrigida por nós. A credibilidade jornalistica se constrói com a verdade e não com a integralidade de seu tempo tentando ludibriar o leitor. Lamentável!”

Siga minha página no Facebook para acompanhar nosso trabalho: clique aqui