Hotel em São Paulo seria “escritório paralelo” de Lula - Ronaldo Cunha