O foco do governo tem sido na abertura do mercado, atualmente concentrado na Petrobrás.

O governo Jair Bolsonaro estuda medidas para conseguir reduzir o preço do gás natural para metade.

Enquanto isso, a administração mantém a implementação do programa de “choque de energia” que vem sendo preparado nos últimos meses.

As informações foram confirmadas nesta terça-feira (21) pelo secretário de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Alexandre da Costa.

De acordo com o secretário, o trabalho no programa de redução do custo está avançando no Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) e em outras instâncias para que ainda em junho sejam anunciadas novas medidas, informa o Estadão.

No final do mês de abril, durante reunião no Rio de Janeiro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que a ideia do governo Bolsonaro era levar gás natural às “famílias brasileiras pela metade do preço”.

Hoje os motoristas de aplicativos tem sido afetado nos seus rendimentos por causa da alta do gás natural, vamos continuar firme que o Governo Bolsonaro está sim construindo um futuro melhor.