O filho do vice-presidente Hamilton Mourão será assessor especial do presidente do Banco do Brasil. A promoção foi confirmada pela assessoria do banco nesta terça-feira (8).

Antonio Hamilton Rossell Mourão é funcionário de carreira do banco há 18 anos. Ele vinha atuando há 11 anos como assessor na área de agronegócio da instituição, ganhando cerca de R$ 12 mil mensais.

Agora, o filho do vice-presidente receberá R$ 36 mil por mês e ingressará no famoso Programa de Alternativas para Executivos em Transição (PAET), que garante bônus de ‘saideira’ para quem ocupou cargo no banco por dois anos.

A promoção não consta na lista de nomeações divulgada pelo banco estatal em comunicado ao mercado, mas foi confirmada ao site pela assessoria da instituição, informa “O Antagonista“.

Segundo informações do próprio BB, o filho do general Hamilton Mourão tem 18 anos de banco e ajudará o novo presidente Rubens Novaes na área do agronegócio, que seria a sua especialidade.

Segundo o estatuto do BB, o presidente tem direito a nomear três assessores especiais. Pela tradição, ele se cerca de especialistas na área jurídica, de comunicação e do agronegócio, informa a “Folha“.