“Fantástico” ironiza Jair Bolsonaro e o coloca na “Sessão Comédia” - Ronaldo Cunha