O condutor e as três assaltantes entraram em luta corporal e ele acabou com um corte profundo na perna direita.

O motorista de transporte por aplicativo, João Carlos Rodrigues, sofreu uma tentativa de assalto na noite da última segunda-feira (7), no Bairro Jóquei Clube, em Fortaleza. Duas mulheres e uma adolescente de 17 anos solicitaram uma corrida no Centro da cidade e anunciaram o assalto próximo a um shopping no bairro da Regional III.

O motorista, ainda dentro do carro, chegou a entrar em luta corporal com as assaltantes que usavam um gargalo de garrafa contra João Carlos. Por conta dos golpes, ele teve cortes leves pelo corpo e um corte profundo na perna direita.

“Eu fui estrangulado por uma passageira que estava atrás. Elas começaram a me chutar, me socar, fizeram tudo com um gargalo de garrafa me cortando. Enfim, foi um milagre mesmo eu ter sobrevivido”, revelou o motorista de aplicativo.

Ele disse que chegou a desconfiar do comportamento das passageiras mas deu seguimento a viagem. “Logo após o início da viagem, eu comecei a desconfiar (delas). Mas quem vê cara não vê coração e aí acredita que o instinto está errado”, comenta João Carlos.

As mulheres e a adolescente ainda conseguiram roubar a carteira, a parte da frente do som do veículo e o celular do motorista. Logo após o assalto elas correram para tentar fugir mas foram detidas por uma equipe de ciclopatrulhamento da Polícia Militar que atuava pelo local. O procedimento foi realizado na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) de Fortaleza.