Deputada é impedida de ocupar imóvel funcional por filho de outro parlamentar

//Deputada é impedida de ocupar imóvel funcional por filho de outro parlamentar

Deputada é impedida de ocupar imóvel funcional por filho de outro parlamentar

2019-02-01T08:41:27+00:0001/02/2019 08:41|Categorias: Política|Etiquetas: , |Nenhum Comentário

Tabata amaral

Deputada é impedida de ocupar imóvel funcional por filho de outro parlamentar

Segundo Tabata Amaral, colega da Câmara estava usando ilegalmente o local e disse que ela poderia fazer “o barulho que fosse”, mas seu filho não sairia de lá

 

Deputada eleita por São Paulo, Tabata Amaral (PDT) relatou nas redes sociais a surpresa que teve nesta quarta-feira, 30, ao ir até o apartamento funcional que, pelo cargo, possui direito de morar enquanto cumpre seu mandato.
No Facebook, a parlamentar contou que lá encontrou o filho de um colega da Câmara dos Deputados, que se recusou a lhe entregar as chaves. “Eu não pude entrar porque um deputado deixou o filho dele morando lá e foi viver em outro apartamento, ou seja, está ocupando irregularmente o imóvel”, disse.

 

Tabata acrescentou que procurou a Câmara para tentar resolver o problema e falou com o parlamentar em questão, que teria dito que a colega poderia fazer “o barulho que fosse e o filho dele não ia sair” do apartamento.
“Isso me mostrou que nos próximos quatro anos, além de lutar pela educação e pela inclusão, também terei que trabalhar para a Câmara seja de todos e que as regras sejam respeitadas.”

 

Segundo a Folha de S. Paulo, o deputado é questão é Hildo Rocha (MDB-MA); à publicação, o parlamentar disse que entregaria o apartamento até sexta-feira, 1º, e reclamou que Tabata procurou o jornal por algo “muito pequeno” como essa questão.
Rocha também informou que o imóvel está ocupado porque “não deu tempo de tirar todas as coisas de lá”. “Não consegui terminar a mudança, até porque a Câmara não ajudou”, explicou, acrescentou ainda que o imóvel está danificado e que a deputada “vai ter trabalho para se acomodar” no local.
“O apartamento está muito danificado. Vai precisar arrumar chuveiro, descarga e pintar para ela poder ocupar”, resumiu.
Tabata Amaral contou que a Câmara dos Deputados lhe informou que vai procurar um outro imóvel para ela morar. O PDT disse ainda que está pagando um hotel até esta quinta-feira, 31, na esperança que a situação seja resolvida.

Faça um comentário

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: