Deltan Dallagnol afirmou que a Lava Jato não vai parar após os ataques criminosos perpetrados contra a operação.
“Esse trabalho não vai parar porque o crime de corrupção no Brasil não deve mais compensar. Esse é um dia de registro de que esse trabalho continua e continua em pleno vigor. A Lava Jato celebra mais um dia histórico, em que se tenta personalizar e desqualificar a Lava Jato. Esse trabalho é institucional e não para aqui”, disse ele.

O discurso foi feito em um evento do MPF em Curitiba, conforme registrou a Folha.