Com a explosão no viaduto em Fortaleza, subiu para 174 o número de ações criminosas confirmadas em pelo menos 42 cidades do Ceará.

Criminosos explodiram uma bomba na estrutura de um viaduto no Bairro Parangaba, em Fortaleza, na madrugada desta quinta-feira (10).

Este é o nono dia seguido de ataques criminosos no estado do Ceará.

O estado vive uma onda de ataques desde o dia 2 de janeiro, quando criminosos incendiaram ônibus, transportes escolares, veículos de prefeituras, prédios públicos e comércios na capital e no interior.

A onda de violência é uma represália à ação do governo de Camilo Santana (PT) de acabar aumentar o rigor na fiscalização das unidades prisionais e acabar com divisão dos presos por facções nos presídios.

A Secretaria da Segurança Pública comunicou que 239 criminosos envolvidos nos ataques foram capturados por envolvimento nas ações criminosas.