Caravanas se preparam para a posse de Bolsonaro em Brasília - Ronaldo Cunha