Animal de paciente em Hong Kong foi detectado com baixos níveis de covid-19 e passará por novos exames

O cachorro de uma paciente de Hong Kong foi colocado em quarentena após testar positivo para “baixo nível” de coronavírus.

Segundo o porta-voz do Departamento de Agricultura, Pesca e Conservação do território semiautônomo da China, nesta sexta-feira (28), não há “evidências de que animais de estimação possam estar infectados com o vírus covid-19 ou ser uma fonte de infecção para as pessoas.”

O cão não apresenta sintomas e é o único presente no local. Testes adicionais ainda precisam comprovar se houve uma contaminação ambiental. O departamento pede que animais de estimação de pacientes confirmados com o vírus também sejam colocados em quarentena.

A recomendação é que a população use máscaras e mantenha o hábito de lavar as mãos com água e sabão, ou álcool desinfetante, após entrar em contato com os bichinhos. 

Fonte: R7.com