Bolsonaro vira referência na política da Espanha

O premiê da Espanha, Pedro Sanchéz, criticou, nesta terça-feira (12), sua oposição direitista, comparando-a com o presidente do brasileiro Jair Bolsonaro.

Em comício do Partido Socialista na capital da Catalunha, Sanchéz partiu para o ataque contra o Partido Popular, Cidadãos e Vox, as três siglas que acabaram de formar uma maioria para derrubar o socialismo do seu feudo histórico da Andaluzia.

“Hoje na Espanha existem três direitas com um objetivo, que é o retrocesso. São os ‘Voxonaros’ da política espanhola”, disse o primeiro-ministro socialista Pedro Sánchez, durante seu discurso em Barcelona, fazendo um jogo de palavras entre a direita espanhola e o presidente do Brasil, como registrou o portal português SAPO24.

Sánchez viajou para Barcelona alguns dias depois do seu governo ser alvo de um gigantesco protesto em Madri pedindo sua renúncia e a antecipação de eleições no país