Bolsonaro destitui todos os diretores indicados por Dilma na Petrobras - Ronaldo Cunha