Vítima percebeu em certo momento que a arma utilizada era falsa. Ainda assim, não conseguiu evitar o prejuízo, porque um segundo homem fugiu com os itens roubados

Uma tentativa de assalto teve um desfecho inusitado na noite dessa quinta-feira (3), em João Pessoa, quando um motorista de aplicativo consegiu deter um dos assaltantes que o atacou. Mesmo assim, o morotista não conseguiu evitar o prejuízo, visto que um segundo assaltante conseguiu fugir levando um aparelho celular e todo o dinheiro arrecadado durante o dia de trabalho.

O homem detido foi entregue à Polícia Militar da Paraíba, que o encaminhou para a Central de Flagrantes da Polícia Civil. Ele permanecerá preso, a disposição da justiça.

O crime aconteceu por volta das 22h30. Os dois suspeitos solicitaram a viagem por aplicativo no bairro de Mangabeira IV. Eles entraram no veículo e quando estavam no bairro de José Américo anunciaram o assalto. Segundo informações da Polícia Civil, fizeram isso de forma agressiva e chegaram a dar um golpe no pescoço da vítima, a fim de imobilizá-lo.

Conseguiram pegar todo o dinheiro e o celular. Tentaram roubar o carro, mas não conseguiram religá-lo. Foi neste momento que o motorista percebeu que a arma que a dupla usava era na verdade um “simulacro”, o que no jargão policial significa uma arma de brinquedo que simula uma verdadeira.

O motorista reagiu. Um dos homens conseguiu fugir com os objetos roubados e o segundo deles tentou se esconder num apartamento localizado na região. O motorista, então, contando com a ajuda de moradores do bairro, detiveram o suspeito e chamaram a polícia.