Anvisa impôs nova norma para controlar venda de medicamentos usados para tratamento de covid-19, mas necessários a outros doentes também

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda de ivermectina, cloroquina e hidroxicloroquina sem a retenção da receita médica pela farmácia.

Com isso, a agência governamental quer coibir a compra dos medicamentos sem a necessidade real de seu uso.

Os três remédios têm sido indicados por médicos de todo o país no tratamento da covid-19, porém, também servem para outras doenças, como a malária, artrite reumatoide e lúpus, por exemplo.

Por isso, a Resolução da Diretoria Colegiada 405/2020 da Anvisa obriga os médicos a emitirem receita em duas vias das medicações e uma deverá ficar na farmácia que fizer a venda.

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.