Alto Comando do Exército convocou reunião para discutir liminar de Marco Aurélio

Logo que o ministro Marco Aurélio tentou golpear a nação com sua liminar que beneficiaria mais de 169 mil criminosos condenados, diversas instituições e autoridades prontamente se pronunciaram de modo crítico ao ato do ministro.

O Alto Comando do Exército, na mesma hora, convocou uma reunião extraordinária para discutir a repercussão da decisão, segundo informação do Antagonista.